Antonio Candido

1918–2017 | Rio de Janeiro–São Paulo

O leitor frígido

Mais um texto sobre a crise do romance