Graciliano Ramos

1892–1953 | Quebrangulo–Rio de Janeiro

Os escritores e o futebol

Do repúdio à paixão, a bola e as letras