Roberto Bolaño

1953–2003 | Santiago–Barcelona

A literatura latino-americana nos estertores da tradição

O sistema Machado de Assis de Roberto Bolaño, segundo João Cezar de Castro Rocha

Poemas para meu filho

De Roberto Bolaño, como o lema de um bando invicto de gângsteres