volume 2

O leitor frígido

abertura

O leitor frígido

Mais um texto sobre a crise do romance

Os russos somos nós

O espelho multiforme da alma russa

três vezes bolaño

Antes do busto de mármore

Uma nota à toa sobre Bolaño

A literatura latino-americana nos estertores da tradição

O sistema Machado de Assis de Roberto Bolaño, segundo João Cezar de Castro Rocha

Poemas para meu filho

De Roberto Bolaño, como o lema de um bando invicto de gângsteres

ficção contemporânea

Os centauros

Conto inédito de Luis Dolhnikoff

traduções do russo

por Pedro Augusto Pinto

Gricha

Conto de Anton Tchékhov traduzido do russo por Pedro Augusto Pinto

Uma festa de exéquias profanas

Cinco poemas de Mikhail Liérmontov traduzidos do russo por Pedro Augusto Pinto

copa russa

Curadoria de Caique Zen

Hora de football

Uma crônica de João do Rio

O claro enigma de Tite

Arcturo se deixará surpreender?

Os escritores e o futebol

Do repúdio à paixão, a bola e as letras

O dilema de Neymar

O nosso Hamlet

Elogio da derrota

Uma ode ao choro de alambrado

poesia contemporânea

Curadoria de Lucas R. Gaspar e Natália Zuccala

Poemas acerca de (des)graças

Seis poemas de Laura Švedaitė traduzidos do lituano por Caio Borges

[quem vai embora]

E outros poemas de André Oviedo

VIGÍLIA #2

O leitor frígido | 2018

Edição Caique Zen. Coedição Luan Maitan. Curadoria de Poesia Lucas R. Gaspar, Natália Zuccala. Revisão Caio Ramalho. Design gráfico e diagramação Felipe Uchôa. Ensaístas convidados Tarso de Melo, Luis Dolhnikoff. Poetas convidados Laura Svedaite, André Oviedo. Tradutores convidados Pedro Augusto Pinto, Caio Borges. Imagens Luisa Rivera, Eugène DelacroixNiki FeijenRohit Munshi.